quinta-feira, 23 de junho de 2011

Ser Rejeitado e Continuar Amando o que Faz

reject

Assisti novamente o discurso de colação de Grau em Stanford - 2005, realizado por Steve Jobs. Nesse discurso ele contou três histórias de sua vida, e uma chamou bastante atenção: "Eu fui rejeitado, mas continuava amando."

Steve Jobs foi o criador do Macintosh na garagem dos pais, que deu origem Apple. Porém Steve Jobs foi demitido da Apple por divergências com um funcionário qualificado, contratado com a finalidade de impulsionar o crescimento da empresa.

Analisei a rejeição e conclui que ela tem um lado bom, acredite em mim. Steve Jobs e outros profissionais tiverem que recomeçar após rejeição. O que estimula a busca do conhecimento, a persistência, a criatividade e a inovação.

No caso de Steve Jobs impulsionou a criar a NeXT e a Pixar. E também encontrou amor de sua vida.

Steve Jobs voltou novamente para Apple, e hoje os cobiçados IPhone, IPad e Macbook são frutos da inovação dele e de colaboradores.

Por isso sempre persista. E busque o conhecimento para inovar e colher bons frutos.

Fonte:

“Steve Jobs - Discurso de colação de Grau em Stanford, 2005.”:

http://www.youtube.com/watch?v=rPIFP6_cimQ

Ta-ta for now

Nenhum comentário:

Postar um comentário